quarta-feira, 17 de abril de 2013

Coluna Cobogó - Tinta, papel e criatividade: três itens capazes de transformar um móvel velho numa peça exclusiva

*Na segunda edição da Coluna Cobogó, as dicas especiais de como transformar aquele móvel velho em uma peça novinha! Transformação esta que é capaz de trazê-los de volta ao uso de uma forma diferente e inusitada
Uma solução antiga, muito usada para reformar a capa de um livro ou de um caderno já desgastado pelo tempo, também pode renovar totalmente um móvel antigo e colocá-lo novamente em uso: a colagem de papel.

Sim, sim! Quem diria que uma cristaleira básica poderia ficar tão descolada como essa aí? Após 12 anos de uso, o móvel com pátina azul passou pelo banheiro de dois endereços anteriores e ganhou nova função junto à mesa de jantar no apartamento atual. Mas, convenhamos, ele não ficaria tão interessante como depois da reforma...

Quem encarou essa tarefa foi o produtor visual Mario Mantovanni, que escolheu papéis de presente com duas estampas bem diferentes entre si, porém nos mesmos tons, e forrou toda a cristaleira, por dentro e por fora!


Apenas as laterais internas e a face inferior das prateleiras mantiveram a cor original. "O trabalho com papel é delicado, mas tem a vantagem de que, se uma parte estragar, basta colar por cima outro recorte da mesma estampa", explica Mario. "E dá para transformar o visual à vontade!". A ideia foi retirada site Casa.com, e as fotos são de Luis Gomes.

Olhando assim, parece fácil, né? Mas é, sim! Se você tiver disposição, criatividade, papel e cola à mão! Está cansado daquele móvel enfurnado na garagem? Então, fique de olho nas dicas seguintes para fazer igual ou aproveitá-los de outras formas.

Cristaleira
1. Limpe a peça que for revestir com um pano seco ou lixe se for preciso.
2. Prefira papéis mais grossos: eles enrugam menos.
3. Estampas grandes e irregulares ajudam a esconder emendas e eventuais rugas.
4. Se o móvel for de MDF ou de madeira lixada, passe cola em spray. Se for pintado, vá de cola branca, que adere melhor.
5. Ao usar cola branca, prefira aquelas que são livres de ácido, pois ele deixa o papel amarelado com o tempo.
6. Cubra uma área inteira de cada vez. Pincele a cola (não diluída!) em toda a superfície e comece a aplicar o papel por onde iniciou com a cola - essa parte estará mais seca e o acabamento ficará melhor.
7. Sobreponha o papel nas emendas.
8. A cada trecho colado, estique o papel do meio para as bordas, eliminando rugas e bolhas. Faça isso com a ajuda de um pano seco.
9. Evite dobrar o papel para cobrir cantos e saliências (os pés, por exemplo). É melhor cortar e colar papéis do tamanho exato desses detalhes.
10. Para que o acabamento de cantos e saliências fique perfeito, após a secagem use uma lixa de unha bem fina para acertar delicadamente as quinas.
11. Após a secagem completa, passe verniz à base de água - fica mais fácil controlar a aplicação se for em spray.
12. Mesmo envernizada, não deixe a peça em ambientes úmidos ou engordurados.
13. Na limpeza, use apenas um pano úmido, quase seco.

Veja outras sugestões de transformação de móveis e mãos à obra!
Mesa de passar


Sabe aquela mesa velha de madeira de passar roupa que está entulhada dentro da despensa? Depois de uma boa lixa e algumas demãos de tinta, tudo pode ficar muito mais interessante. Ela pode se transformar em um ótimo aparador. Daí você resolve dois problemas de uma vez só: elimina entulho e ainda dá uma solução criativa para aquela parede que parecia tão vazia no canto da sala ou no corredor.

Carrinho


Se o que está ocupando espaço na sua garagem é aquele carrinho velho de jardinagem, eis uma solução bem criativa: por que não transformá-lo em uma verdadeira biblioteca móvel? Tenho certeza que as crianças vão adorar! Assim, é um incentivo a mais para elas ficarem agarradinhas com os livros e a leitura!

Caixotes


Se sua ideia é desentulhar caixotes velhos, saiba que eles também podem ganhar cara nova e outra utilidade. Por falar em livros, as caixas de madeira também podem guardá-los, assim como revistas e jornais velhos. Mas se a ideia é decorar o quarto dos filhos ou a brinquedoteca, eis aí uma sugestão de prateleira. É só abusar da criatividade!



Curtinhas
Morar Mais por Menos premia projetos mais fiéis aos seus conceitos
Durante encontro que acontece dia 10 de abril em Milão, o Morar Mais por Menos premiará 81 profissionais que participaram do evento em diversas capitais em 2012 e cujos projetos se destacaram pela fidelidade a pelo menos um dos conceitos do Morar Mais, como Mais por Menos, Customização, Vendas, Sustentabilidade, Tecnologia e Inovação, Inclusão Social e Brasilidade. No ano que vem, arquitetos e designers capixabas podem estar nessa lista, tendo a chance de ver seu trabalho reconhecido na capital mundial do design de interiores, já que em maio a mostra será realizada em Vitória.

Moringa, amiga da natureza


A Natura Crer para Ver, linha de produtos da Natura que apoia a educação pública brasileira, amplia seu portfólio e apresenta a Moringa de cerâmica com copo. Com capacidade para 1 litro, a Moringa de Natura Crer para Ver mantém a água fresca e ajuda a reduzir o consumo de copos e garrafas descartáveis ao longo do dia, sendo perfeita tanto para casa quanto para o trabalho. Além de ser um utensílio funcional, é também um objeto decorativo, pela sua cor vibrante e design diferenciado. Cem por cento do lucro das vendas são destinados aos projetos educacionais da Natura. A Moringa de Natura Crer para Ver estará disponível a partir da segunda quinzena de abril. Preço sugerido: R$ 59,80. Para mais informações sobre o Instituto Natura acesse: www.institutonatura.org.br

*Também publicado no especial Guia da Construção e Decoração do Folha Vitória